top of page

Ação cultural reúne especialistas para discutir a importância do sexo na longevidade

AGO 29, 2022

Gustavo Roberto da Silva - Jornal USP. Confira matéria original aqui.


Vida sexual saudável é tema central de evento on-line e gratuito, que faz parte do Programa USP 60+


Casal Páscoa e Ulysses da Conceição no jardim do condomínio onde moram – Foto: Cecília Bastos / USP Imagens

Aproveitando a proximidade com o Dia Mundial do Sexo, celebrado em 6 de setembro, o Café USP 60+ recebe, nesta terça-feira, dia 30 de agosto, o psicólogo Fabrício Oliveira, especialista em gerontologia, para uma conversa a respeito do sexo na terceira idade. O evento on-line será transmitido ao vivo pelo canal USP 60+ no Youtube, com interação do público por meio do chat.


Gerontologista e terapeuta exclusivo de idosos, o convidado Fabrício Oliveira é presidente da Rede Social de Direitos Humanos para um Envelhecimento Ativo e Saudável, além de professor, pesquisador e palestrante na área do envelhecimento. Colabora ainda com a revista Envelhecer, de Portugal, e é autor do livro Sexualidade e longevidade: a essência da maturidade, publicado no ano passado pela Portal Edições.


A celebração do 6 de setembro como o Dia Mundial do Sexo faz referência a uma famosa posição sexual, e se popularizou após campanha de uma marca de preservativos. A transmissão do debate será realizada às 19 horas, e pode ser acessada no player abaixo:

A iniciativa é organizada pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária (PRCEU) da USP, e promove um ciclo de encontros em que o médico Egidio Dórea, coordenador do programa, discute com especialistas diversos temas relacionados ao envelhecimento. Para Dórea, as discussões realizadas são importantes para todas as pessoas interessadas pelo tema da longevidade, e não apenas para o público da terceira idade.

“Discutir assuntos relacionados aos impactos sociais e econômicos dessa revolução da longevidade é uma das principais preocupações para quem quer se preparar para esse curso de vida mais extenso, que os avanços médicos, sociais e tecnológicos nos propiciaram”, afirmou Dórea em divulgação do Café USP 60+.

A ação Café USP 60+ faz parte do Programa USP 60+, criado em 1994 pela professora da USP Ecléa Bosi, para discutir as variadas questões relacionadas ao envelhecimento. A cada semestre, o programa disponibiliza milhares de vagas gratuitas em cursos e atividades na USP direcionadas ao público acima dos 60 anos.

1 visualização0 comentário

Kommentare


bottom of page