Economia Prateada: Empreendedores estão investindo no potencial do público maduro

MAR 10, 2022

Nina Machado - Ric Mais. Confira matéria original aqui.


Forever Young 50+ oferece curso de inglês personalizado aliado a atividades sociais, contribuindo para longevidade com qualidade de vida


Os avanços da tecnologia e da medicina estão permitindo a maior longevidade das pessoas. Nesse processo, a faixa de público 50+ tem buscado novas formas para envelhecer com qualidade de vida, aproveitando melhor seu tempo e investindo em diversas atividades, sejam físicas, intelectuais, culturais ou financeiras. Dessa forma, a população mais madura tem se tornado uma categoria cada vez mais importante economicamente, com um grande potencial de consumo e ganhando até um termo, a economia prateada.


crédito: freepik


Segundo dados do IBGE, a população com mais de 50 anos no Brasil tem um mercado consumidor que movimenta R$ 1,8 trilhão por ano, respondendo por 42% do consumo nacional. A pirâmide populacional está se invertendo. Se, na década de 1980, o país contava com uma maioria de jovens, atualmente, tem mais de 30 milhões de idosos (acima dos 60 anos), com a perspectiva de chegar a quase 70 milhões em 2050.


Muitos empreendedores já começaram a despertar para o potencial de negócios dessa faixa de público. É o caso da Forever Young 50+, projeto criado em Curitiba, em 2009, para oferecer ensino de inglês personalizado a pessoas de 50 anos ou mais. Além do aprendizado, são oferecidas também diversas atividades sociais para ajudar a aprimorar ainda mais os estudos.


“Minha entrada nesse mercado aconteceu até mais por intuição. Eu já atendia o público 50+ em cursos de informática e percebi que todos aprendiam com mais facilidade e de uma forma mais descontraída quando estavam juntos com pessoas da mesma idade”, destaca Simone Carnio, master coach e educadora, criadora do sistema de ensino alfabetização 50+ e fundadora da Forever Young 50+.


Ela também percebeu uma demanda desse grupo de pessoas pelo ensino de inglês por vários e importantes motivos: para se comunicar melhor com filhos e netos; realizar finalmente um sonho antigo de aprender uma língua diferente; para ativar a memória, por aconselhamento médico; e evitar o stress através da socialização. “Percebendo essas necessidades, decidimos aliar o ensino do inglês à participação em atividades sociais extras, todas realizadas em grupos e com muito apoio de nossos instrutores”, confirma.


Alunos e professores da Forever Young 50+


O retorno financeiro da empreitada tem sido muito positivo, mas a educadora reforça também a missão de oferecer um trabalho de excelência, que seja realmente importante para a longevidade dos clientes. “Tenho buscado no mercado profissionais que estejam alinhados com nossa proposta que é muito além do Inglês. Nossa missão é colaborar com a qualidade de vida de nossos clientes, promovendo encontros, além de palestras sobre como ter uma longevidade ativa após os 50 anos. Participo de muitos grupos 50+ e, inserida nesse mundo, posso entender com mais propriedade suas necessidades e oferecer o que realmente desejam para ter uma vida com mais qualidade e propósito”, afirma.


No trabalho desenvolvido pela Forever Young 50+, cada um tem seu tempo de aprendizado, dessa forma, o inglês é trabalhado de forma customizada. “Mostramos que os alunos podem fazer tudo a que se proponham e estamos abertos para ajudá-los nos mais diversos obstáculos que possam vir. O envelhecimento deve ser encarado apenas como mais uma fase da jornada da pessoa, que deve buscar a realização de seus sonhos, aprender inglês, viajar, conectar-se, manter a mente ativa, fazer novos amigos e interagir através de atividades de socialização, intercâmbio cultural e viagens”, finaliza a educadora.


A Forever Young 50+ oferece as seguintes atividades de socialização aos seus alunos: Gourmet 50+ & Wine Club, com aulas sobre vinhos e pratos típicos de vários locais do mundo para o aluno aprender inglês cozinhando; Passeio Cultural 50+, com visitas a museus, teatros e parques, vivenciando e explorando situações do cotidiano para o melhor aprendizado; Intercâmbio Cultural 50+, para o aluno estudar e conhecer lugares turísticos, e ainda conviver e fazer novas amizades com pessoas da mesma faixa etária; Book Club, com leitura de uma obra para os alunos discutirem e aprenderem a pronúncia; Conversation Club, no qual são discutidos temas variados, separados por níveis e com estímulo à comunicação de forma simples e efetiva. A escola ainda oferece palestras mensais de diversos temas como alimentação saudável 50+, esportes, qualidade de vida, meditação, memória e concentração.


A escola de inglês inaugurou, recentemente, uma nova sede no bairro Mercês (Rua Professor Lycio Grein de Castro Vellozo, 791) para o atendimento presencial. Mas, devido à pandemia da Covid-19, também segue oferecendo cursos on-line. Atualmente, estão disponíveis os seguintes formatos: VIP (individual), Personalizado (até 3 pessoas) e Grupos (até 6 pessoas).

11 visualizações0 comentário