Sem estereótipos: como realmente é viver a terceira idade?

ABR 08, 2022

Hellen Cerqueira - Minha Vida. Confira matéria original aqui.


Campanha digital do Minha Vida com Nutren Senior, mostra como o envelhecimento ainda é visto de forma equivocada pela sociedade.


A terceira idade pode ser uma das melhores fases da vida - Foto: Shutterstock


Saúde debilitada, dificuldade para lidar com tecnologia, falta de memória, mobilidade prejudicada. Provavelmente você já ouviu - ou até mesmo reproduziu - algum desses estereótipos sobre a terceira idade. A verdade é que, além de equivocadas, essas ideias reforçam o preconceito com o ato de envelhecer, sendo desconfortáveis tanto para quem já está nessa fase da vida quanto para quem, um dia, irá alcançá-la. Então, será que vivemos em uma sociedade ''anti-idade''. Para quebrar os tabus em torno do envelhecimento e provar que a vida não pára após os 50, o site Minha Vida, em parceria com Nutren Senior, convocou três experts no assunto: Claudio Torres Gonzaga, 60 anos, diretor, roteirista e comediante; Lilian Damião, 64 anos, arteterapeuta e profissional de danças; e Maria Cristina, 74 anos, pesquisadora social. Diante das câmeras, os três convidados pesquisaram palavras relacionadas ao envelhecimento em bancos de imagens e avaliaram se aquelas fotos os representavam de alguma maneira. Como se pode imaginar, isso não aconteceu. "Eu não consigo me ver em nenhuma dessas imagens. Eu não estou representado aqui [...] Só gente de bengala", afirma Claudio. Em outro momento do vídeo, eles tiveram que reagir a tweets com frases que escancaram os estereótipos anti-idade, tratando o envelhecimento como sinônimo de problemas de saúde e mau condicionamento físico. ''Eu me exercito, faço yoga, dança do ventre... Minha coluna está no lugar [...] Eu escolhi ter saúde enquanto viver", rebateu Lilian.


Lilian Damião em vídeo feito em parceira com Nutren Senior - Foto: Reprodução

Envelhecimento ativo e saudável: é possível? A forma como envelhecemos é um reflexo de tudo o que fizemos e conquistamos ao longo dos anos. "A palavra 'envelhecer' não me assusta, porque envelhecer faz parte do processo da vida. Envelhecer não é de uma hora para a outra, a gente envelhece todo dia", pondera Maria Cristina. Então, para chegar nessa fase com saúde e disposição, precisamos deixar o pensamento anti-idade de lado e fazer parte do movimento pró-idade, vivendo a idade do nosso jeito e seguindo uma rotina de alimentação saudável, exercícios físicos regulares e cuidados com a saúde. E esses esforços devem aumentar progressivamente. Afinal, com o decorrer dos anos, é natural que o organismo passe por mudanças fisiológicas, principalmente em relação às funções cardíacas e pulmonares, e à densidade de massa óssea e muscular. Além disso, pessoas com mais de 60 anos costumam apresentar níveis mais baixos de vitamina D e B12. Por isso, é muito importante adotar novos hábitos nessa idade, como realizar exames preventivos frequentemente, aumentar o consumo de proteínas e praticar atividades físicas que favorecem a saúde cardiovascular e fortalecem o organismo como um todo. Incluir Nutren Senior, da Nestlé, na rotina também pode ajudar a ter um envelhecimento ativo e saudável. Isso porque o complemento alimentar oferece ao público com mais de 50 anos uma combinação exclusiva de proteínas, vitaminas e minerais, podendo contribuir para mais disposição, ossos e músculos fortes para encarar as atividades do dia a dia, que não podem parar. Então, que tal deixar os estereótipos de lado e vislumbrar como realmente é viver a terceira idade? Confira a seguir a produção especial do Minha Vida com Nutren Senior e abrace todas as possibilidades que essa fase nos reserva:

*Vale ressaltar que todos os cuidados com a saúde adotados após os 50 anos devem ser instruídos e/ou supervisionados por um médico especialista, como o geriatra.

0 visualização0 comentário