Tiktoker de 79 anos vence depressão produzindo vídeos divertidos e ousados

DEZ 15, 2021

Gabriel Pietro - Razões para Acreditar. Confira matéria original aqui.


Uma vovó de 79 anos usou uma ferramenta pouco usual para enfrentar – e vencer – a depressão: o TikTok.


Por meio de vídeos ousados, divertidos e bem-humorados, a goiana Coracy Arantes tem alegrado a vida de muita gente, enquanto ela mesma se diverte no processo.


A idosa “tiktoker” conta hoje com 2,6 milhões de seguidores na rede social asiática, além de 105 mil seguidores no Instagram.


Coracy afirma que, em cada vídeo postado, busca apenas “fazer as pessoas felizes” e animá-las, de modo a tornar o dia de cada seguidor, melhor.


Dois anos antes da fama, ela lutava contra a depressão – época em que dizia não ter mais perspectivas de vida. “Saí da depressão por estar aqui”, comemorou a influencer, que vive em São José dos Campos, no extremo leste paulista.


Rumo ao TikTok

O ano era 2019 e Coracy estava assistindo um programa de TV, onde conheceu a história de uma mulher diagnosticada com depressão e como ela estava conseguindo submergir da doença: compartilhando experiências do seu dia a dia na internet.


Incentivada pelo neto, Gabriel Arantes, estudante de engenharia de 20 anos, a vovó começou a produzir conteúdo para o TikTok.


Aos poucos, foi deixando a depressão para trás. “Meu neto me perguntou se eu queria fazer. Aí disse: ‘Gabriel, eu não sei mexer com internet, meu telefone é simples’. Ele falou que íamos comprar um novo e eu ia aprender”, disse ela em entrevista ao portal Metrópoles.


Para Coracy, o “empurrão” do neto fez toda a diferença. E o neto comemora: “Acho sensacional porque ela saiu de uma depressão super profunda. Foi muito legal para mim também, para eu ajudá-la”.


Empoderamento feminino & ousadia

De lá pra cá, avó e neto criaram o “Blog da Cora”, que mantém ativo quase que diariamente nas redes sociais.


Gabriel virou produtor da idosa, que topa tudo: de dancinhas virais do TikTok até gravações ousadas de lingerie, com direito a decotes. Sem frescura e sem mimimi… Cora arrasa!


Como resultado da simpatia, bom-humor e liberdade para criar conteúdo do jeito que bem quiser, Coracy faz sucesso nas redes sociais.


Idoso pode ser influencer, sim.

A tiktoker nasceu em Itumbiara, no sudeste de Goiás, e desde jovem começou a trabalhar como cabeleireira.


Hoje, aos 79 anos, é mãe de duas filhas “feitas” e avó de três netos (2 meninos e 1 menina).


Devido à suposta idade avançada, Coracy costumava pensar que idosos não poderiam ser influencers, pois o nicho é totalmente dominado por jovens. Também não sabia mexer com internet até ser ajudada pelo neto.


Agora, ela sabe melhor do que ninguém que isso não é verdade e há espaço para todo mundo, sem exceção!


Processo de autoaceitação

Coracy explica que nos vídeos em que aparece só de lingerie, a ideia é mostrar que ninguém deve ter vergonha de mostrar o corpo.


“Falo muito com as mulheres para que aceitem o que Deus deu a elas, porque é o corpo delas. Cada um pode fazer o que quiser, sem se preocupar com gordura ou magreza”, disse.


Ela se sente especialmente feliz com a interação genuína que possui com os fãs. “As seguidoras mandam mensagem, agradecem, dizem que se sentiram bem me ouvindo. As pessoas veem e falam que eu sou linda, que sou isso, que sou aquilo. E eu gosto de mostrar que eu posso estar ali de lingerie, que eu tenho, sim, 79 anos. Faz toda a diferença”, garantiu a tiktoker, que é super fã da Anitta.


Você é maravilhosa, Cora!!! ❤️


Confira o TikTok: @blogdacora

44 visualizações0 comentário