Você está disposto a correr riscos?

JUN 17, 2021

Por Maitê Huff - Koala Hub


Você já se imaginou voando? E você já pensou em saltar de um avião?



As duas ideias se referem a voar, sentir a liberdade, o vento fluir pelo o corpo. A diferença entre uma ideia e a outra é a ação e o movimento que você precisa fazer na sua vida para deixar de querer e sonhar, para realizar e conquistar.


Isso não está somente na ideia de voar, mas em tudo o que vivenciamos. Os riscos que tomamos, as escolhas que fazemos, os caminhos que trilhamos para conquistar tudo o que queremos. É necessária aceitação, determinação, foco, coragem para enfrentar os nossos medos e arriscar.


Do momento em que decidimos saltar, começamos a dar o primeiro passo para transformar toda a nossa imaginação em memórias e experiências. E talvez você nem sinta o medo que antecede isso tudo, a expectativa, aquela ansiedade, até você estar dentro do avião e a porta se abrir. É quando você precisa dar mais um passo, somente mais um passo para conquistar o que imaginou desde criança, quando voava no sofá de casa.


Um... Dois... liberdade!!!


60 segundos de queda livre, 6 minutos flutuando. Sabe aquele medo? Ele não existe mais. Porque quando estamos vivendo de fato o que sempre idealizamos e sonhamos, nós não temos medo, nós simplesmente nos permitimos ser felizes.


Assim como tudo na vida e nos negócios. Fazer o que ama, o que gosta, correr os riscos e aceitar desafios, pode ser bem temeroso. Não sabemos o que nos espera! Um novo desafio, um novo mercado, um novo empreendimento. Mas sem riscos, nossa vida não tem emoção, não tem vivência, e a gente quer aquilo que nos movimenta, nos fortalece, nos dá energia, que faz o nosso coração bater tão forte que a gente pode ouvir e sentir bater.


Todo empreendedor já passou e irá passar por momentos como esse, de imaginar e arriscar. Talvez essas pessoas são aquelas que mais arriscam na vida. As que mais tomam decisões e trilham novos caminhos. Nem sempre dá certo, na verdade, a maioria das vezes dá errado, mas é a sensação de voar que faz voltar lá para cima e salta de novo, de uma maneira diferente, com um novo equipamento, com uma nova estratégia. E as vezes dá muito certo, tão certo que a gente sobe mais uma vez e salta ainda mais alto, aproveitamos a vista, sentimos o ar fluindo e a energia tomando conta, fazendo a gente ter certeza de que tomamos a decisão correta.


Então viva os teus sonhos. Arrisque! A gente só vai ter certeza de que de que pode dar certo e do quão bom será, depois que já estamos no ar e voando.


Um.. Dois...

5 visualizações0 comentário